domingo, 13 de março de 2016

Fanáticos Rocco - 2ª edição





No dia 13/03 aconteceu o evento Fanáticos Rocco, em São Paulo na Livraria do Shopping Center Norte. O evento foi mediado pelo blog Artesã Literária  e pelo Blog Caneca Literária, que prepararam brincadeira como o " Quem sou Eu" que envolvia você adivinhar que livro ou personagem literário era você e uma que você precisava fazer a explicação de um livro da Rocco sem usar certa palavras chaves, o que rendeu muitas risadas. Entre os brindes estavam ecobags do livro Jovens de Elite e Anna e o Homem das Andorinhas.

Foi apresentado os novos lançamentos da editora Rocco, foi muito bom conhecer livros novos e a minha lista de livros aumentou, teve livros que fiquei ansiosa para comprar e começara ler. Também tinha uma autora convidada a Chris Melo, do livro Sob a luz dos Seus olhos, outro livro que eu não conhecia e fiquei curiosa para ler. 





E assistimos alguns videos de autores falando sobre seus novos lançamentos o escritor Gavriel Savit de Anna e o Homem das Andorinhas, e Marie Lu de Jovens de Elite. 

Um dos lançamento anunciados, que achei interessante, foi o novo livro de Robert Galbratith, pseudônimo de J.K.Rowling,  que terá como titulo " Vocação para o mal", será uma nova aventura de Cormoran Strike.

Agora um pouco sobre alguns livros apresentados no evento:

A garota Dinamarquesa de David Ebershoff

O livro acontece em Copenhague e Paris entre 1926 e 1931 e tem como inspiração a historia real do pintor dinamarquês Einar Wegener (conhecido por ser provavelmente a primeira mulher transexual que existiu).O filme inspirado nessa história foi lançado nos cinemas em fevereiro desse ano e tem como ator principal Eddie Redmayne e Alicia Vikander com direção de Tom Hooper (Os Miseráveis)






Jovens de Elite de Marie Lu


“Batalhas, motins, fugas alucinadas e espiões à espreita (...) 
É impossível prever o que está por vir, e viramos as páginas avidamente.” 
 – Maureen Johnson, The New York Times





Imagine sobreviver a uma praga, apenas para ser marcada como uma abominação pelos seus compatriotas. Ser odiada, temida e segregada por ser diferente: esta é a vida de Adelina Amouteru, protagonista de Jovens de Elite, primeiro da nova série da autora Marie Lu, criadora da trilogia de sucesso Legend. Bestseller do The New York Times, com direitos de adaptação para o cinema adquiridos pela 20th Century Fox, Jovens de Elite é o início de uma saga arrebatadora, leitura perfeita para fãs de histórias de fantasia medieval como Game of Thrones, com vilões dignos de Star Wars e X-Men.




A trama se passa num mundo medieval alternativo tomado por uma estranha febre que, quando não mata, deixa uma marca física nos seus sobreviventes. Uma marca única para cada um deles, que pode ser um estranho tom de pele ou um cabelo que muda de cor, por exemplo. Chamados de malfettos, alguns poucos sobreviventes, além da marca, são dotados de incríveis poderes: habilidade de controlar o ar, o fogo, a terra e até mesmo seres humanos. 




Adelina é uma sobrevivente. Tudo que a jovem queria era ser aceita e amada, mas a doença a marcou e a privou de uma vida melhor. Ela é constantemente maltratada pelo pai, e sua irmã mais nova nada pode fazer para ajudar. Porém, quando tenta escapar do destino imposto a ela por seu pai, Adelina descobre que, além da cicatriz, ganhou também um dos estranhos poderes herdados pelos malfettos, e que sua vida pode mudar para sempre.




Ao encontrar um novo lar na sociedade secreta Jovens de Elite – vistos por uns como heróis, por outros como seres demoníacos –, Adelina é recrutada pela Sociedade do Punhal, um grupo de malfettos organizado pelo príncipe Enzo para lutar contra a Inquisição e a ditadura da Rainha. Heroína ou vilã? Num mundo no qual magia e política se chocam, ela é obrigada a descobrir o lado sombrio do seu coração.


Anna e o Homem das Andorinhas de Gavriel Savit



A Polônia ocupada por russos e alemães é o cenário de Anna e o Homem das Andorinhas, romance de estreia de Gavriel Savit. Lançado pelo Fábrica231, o selo de entretenimento da Editora Rocco, o livro conta a história de Anna Lania, uma menina que levava uma vida tranquila com o pai, professor de linguística da Universidade Jagiellonian, na Cracóvia, até ele ser detido pelos nazistas. Sozinha e sem saber se veria o pai outra vez, a garota conhece o misterioso Homem Andorinha e decide segui-lo.



Anna Lania tinha 7 anos quando sua vida mudou. Era 1939, e a Polônia estava dividida entre a Alemanha nazista e a então União Soviética. Na manhã de 6 de novembro, o pai de Anna, professor de linguística da Universidade Jagiellonian, na Cracóvia, foi convocado pelo reitor para uma reunião, junto com seus colegas do corpo docente. Presos na operação batizada de Sonderaktion Krakau, que buscava intelectuais e acadêmicos, todos acabariam no campo de concentração Sachsenchausen, na Alemanha. Deixada aos cuidados de um dos amigos do pai, Anna achou que ele voltaria para buscá-la em algumas horas, mas isso jamais aconteceu.




Sozinha e impedida de entrar em casa, pois não tinha a chave do apartamento, Anna perambulou pelas ruas até avistar um homem alto e muito magro, vestindo terno escuro e carregando uma velha maleta de médico. Como seu pai, ele sabia se comunicar em várias línguas, mas dominava um idioma que ela até então desconhecia: o dos pássaros. Sem nada a perder, a garota decide segui-lo, pois percebeu que a Cracóvia havia se tornado um lugar perigoso. Como o estranho guarda vários segredos, incluindo o próprio nome, Anna decide chamá-lo de Homem Andorinha, por causa da habilidade dele com as aves.




Conforme se afastam da cidade, Anna e o Homem Andorinha irão se esquivar de curiosos das regiões urbanas e rurais, bombas, tiros e até mesmo de soldados russos e alemães. Em sua jornada, os dois esbarram com reb Hirschl, judeu que deixou o gueto de Lublin carregando somente seu clarinete e uma garrafa de vodca. Contrariado, o Homem Andorinha permite que Hirschl os acompanhe, para a alegria de Anna. Mas os horrores da guerra estão sempre à espreita e os três vão precisar fazer o que for necessário para sobreviver. 




Conforme atravessam fronteiras, os anos passam e as estações do ano não são as únicas transformações visíveis: o corpo de Anna deixa aos poucos a aparência infantil para assumir as formas de uma mulher, enquanto o Homem Andorinha mostra aspectos surpreendentes de sua personalidade. Será que Anna realmente está segura ao lado de seu misterioso companheiro de viagem? Ao longo das páginas, Gavriel Savit mistura fatos históricos e ficção para criar uma trama envolvente, que comove os leitores e prende a atenção.






A Luz entre Oceanos de M.L. Sterdman


Um livro extraordinário e emocionante sobre pessoas boas, 
decisões trágicas e a beleza encontrada em cada uma delas.
Markus Zusak, autor de A menina que roubava livros

Romance de estreia da escritora australiana M. L. Stedman, A luz entre oceanos surpreendeu o mercado editorial pela rapidez com que alcançou os mais cobiçados rankings de venda do mundo. Na Austrália, o livro bateu todos os recordes de venda no lançamento. Nos Estados Unidos, ganhou nove reimpressões sucessivas desde que chegou às prateleiras do país, em julho de 2012. Comercializado para mais de 20 países, a narrativa mostra como a necessidade de amar também pode destruir vidas. 

Tom Sherbourne é um homem traumatizado pela sangrenta Primeira Guerra Mundial, que retorna à terra natal, a Austrália, para tentar reconstruir sua vida. Sua busca por paz o leva a ser o mais novo faroleiro de Janus Rock, uma ilha isolada ao oeste da costa australiana. Ele e sua mulher, Isabel, vivem bem, até ela sofrer dois abortos espontâneos e descobrir que não pode ser mãe.

Um dia, um barco naufragado aporta na ilha. Nele, estavam um homem, já morto, e um bebê, ainda vivo. Este fato trágico e inusitado reacende a esperança de Isabel de ter um filho, fazendo o casal tomar uma decisão que marcará suas vidas para sempre. Quebrando todas as regras, Tom não registra o acidente com o barco nem a chegada inesperada daquele bebê. O jovem casal se torna protagonista de um drama moral, numa escalada de eventos com desdobramentos devastadores.   

O isolamento proporcionado pela ilha é a proteção do casal do mundo externo. Ninguém praticamente visita o local e, sendo assim, é muito fácil criar Lucy longe dos olhos da comunidade mais próxima. Mas nada dura para sempre, e o afastamento é quebrado quando o casal deve apresentar a filha aos avós maternos e uma cerimônia de batismo é providenciada. Ali, Tom, para sua infelicidade, descobre que sua Lucy tem uma mãe – que jamais se recuperou do desaparecimento do marido e da filha no mar. Tom não quer mais pesos na consciência do que já tem e fica tentado a revelar a verdade. Mas Isabel o desafia e questiona seu amor por ela.

Tom toma sua decisão. E as consequências são terríveis para todos. O faroleiro, responsável por iluminar o caminho dos navegantes em alto-mar, vê apenas uma trilha escura à sua frente. Escrito por uma advogada que aborda os limites da ética e os dilemas morais sob diferentes pontos de vista, A luz entre oceanos é um livro sobre perdas trágicas e escolhas difíceis, sobre a maternidade e os limites do amor.






Foi o primeiro evento literário que fui e achei muito interessante, e ainda conheci pessoas incríveis. Isso é um pouco do que foi apresentado no encontro, em breve atualizações dos lançamentos da editora e resenha do livro Anna e o homem das Andorinhas. Agora algumas fotos. Imagens da Mayara Azevedo:)