sexta-feira, 20 de maio de 2016

Resenha #48 Trama, Michael Jensen / David Powers King



Todo mundo faz parte de uma trama.

Sinopse: O sonho de Nels era ser cavaleiro do reino de Avërand. Filhoobediente, ajudava como podia os moradores de sua pequena e tranquila aldeia. Querido por todos e tratado como herói, acreditava que logo seria selecionado como escudeiro da cavalaria.
Mas isso foi antes de ser assassinado por uma figura misteriosa.
.
Nels virou um fantasma, e agora só uma pessoa consegue vê-lo: a princesa Tyra, herdeira do reino e sua única esperança de entender o motivo do crime. A princípio, a jovem mimada não dá a menor confiança para o rapaz, mas, à medida que o mistério da morte dele vai se desenrolando, os dois percebem que têm em comum um segredo e um inimigo terrível, que pode se disfarçar de qualquer pessoa.
.
Nels e Tyra não têm escolha. Precisam fugir do castelo, desbravar um mundo oculto repleto de magia e espectros sombrios e encontrar uma agulha, a relíquia capaz de remendar o que foi descosturado na Grande Tapeçaria. E o tempo corre contra eles, pois o fio de Nels está prestes a desaparecer para sempre.

Um livro divertido, inspirador e muito agradável 

Hoje vim falar de um livro muito bom, que tem uma história incrível, sabe quando você termina um livro e fica com aquela vontade incrível de continuar lendo, então esse é o livro. Trama teve um ótimo final mas deixou aquele gostinho de quero mais, não queria que ele terminasse, queria ficar mais um pouco com os personagens.

Nesse livro conhecemos Nels, ele é um garoto que vive com sua mãe, o pai dele está morto, ele não conhece sobre seu passado, e sabe que sua mãe esconde isso dele. E Nels quer descobrir, porque sua mãe se isolou do Reino, e não o deixar ir nas festa que ocorre uma vez por ano onde é escolhido um escudeiro, só sabemos que sua mãe teme por sua vida. Ele quer se tornar cavaleiro e para isso ele precisa ir nessa festa, mas sua mãe não o deixa ir de maneira nenhuma. 

Nels não obedece sua mãe, deixa seus afazeres e vai para o Reino onde encontra seus amigos e conhece Tyra a princesa, mas conhecemos uma princesa mimada e mal educada. 

Após alguns acontecimentos nesse evento, ele volta para casa, mas existe alguém querendo assassina-lo, e ele acaba virando um fantasma. E assim começamos a aventura do livro, após virar fantasma sua mãe acha que ele morreu, e a única pessoa que consegue enxerga-lo é Tyra.

Com isso eles vão para o castelo, e acabam conhecendo um feiticeiro, e ele conta sobre a Grande Tapeçaria, o mundo que eles vivem é ligado por fios. E para Nels voltar a vida, ele e Tyra precisam encontrar uma agulha, uma relíquia capaz de remendar o que foi descosturado e salvar Nels. 



 Li esse livro em poucos dias, sempre agarrada ao livro, não vendo a hora de descobrir o que iria acontecer. A edição da Editora Arqueiro está linda, gostei muito da capa, na minha opinião combina perfeitamente com a história. A tradução está ótima. Só tenho pontos positivos sobre esse livro. E temos personagens bem desenvolvidos.

Enfim, o livro tem uma narrativa dinâmica, é uma história infanto-juvenil, mas deve ser lido por todos. Encantador feito nos moldes de uma fantasia clássica. 

Trama não tem continuação, mas o fim do livro deixa uma sensação de que o autor pretende escrever mais sobre ele.