terça-feira, 3 de novembro de 2015

Resenha #27 Eu Robô, Isaac Asimov



Sinopse: Sensíveis, divertidos e instigantes, os contos de Eu, robô são um marco na história da ficção científica, seja pela introdução das célebres Leis da Robótica, pelos personagens inesquecíveis ou por seu olhar completamente novo a respeito das máquinas. Vivam eles na Terra ou no espaço sideral; sejam domésticos ou especializados, submissos ou rebeldes, meramente mecânicos ou humanizados, os robôs de Asimov conquistaram a cabeça e a alma de gerações de escritores, cineastas e cientistas, sendo até hoje fonte de inspiração de tudo o que lemos e assistimos sobre essas criaturas mecânicas.

Eu robô, melhor livro que li esse ano. Essencialmente uma série de contos contada na forma de uma entrevista , este livro é um clássico. Como os robôs foram desenvolvidos e criados para novos fins e os problemas que surgiram quase sempre tinha a ver com algum conflito imprevisto entre as leis da robótica .

"Houve um tempo em que o homem enfrentou o universo sozinho e sem amigos. Agora ele tem criaturas para ajuda-lo; criaturas mais fortes que ele próprio, mais fieis, mais uteis e totalmente devotadas a ele. A humanidade não está mais sozinha. [...] Os robôs são uma especie melhor e mais perfeita que a nossa. Dra Susan Calvin" 


Os nove contos deste livro exploram algo extraordinário: a robopsicologia, a análise do pensamento e do comportamento dos robôs regidas pelas Três Leis da Robótica. Essas histórias abrangem todo o ciclo de vida do personagem principal, a Dra. Susan Calvin, uma robôpsicóloga da U.S. Robts and Mechanical Men. Em cada uma dessas histórias, Susan lembra um interessante problema ou dilema enfrentado na interação homem-robô.

Um dos contos que gostei foi Razão, um trecho dele:

"Olhem para vocês - disse ele por fim. - Não digo isso com desdém, mas olhem para vocês! A materia de que são feitos é macia e flacida, sem resistencia nem força, e depende de uma oxidação ineficiente de matéria organica para obter energia ...como aquilo. - Ele apontou o dedo para o que restava do sanduiche de Donovan com ar de desprovação. - De tempos em tempos, vocês entram em coma e a menor variação de temperatura, pressão do ar, umidade ou intensidade radiativa prejudica a sua eficiencia. [...] Esses são fatos que, com a proposição óbvia de que nenhum ser pode criar outro ser superior a si mesmo, põe por terra a sua tola hipotese"

As histórias estão em ordem cronológica da sua linha do tempo, começando com robôs simples usadas como babás ou empregados em casa. Devido à pressão social, inicialmente US Robots não está autorizada a vender robôs para o emprego na Terra. Em vez disso, vendê-los para tarefas de mineração e de manutenção de asteroides, planetas e naves espaciais. Nesses ambientes, geralmente alguma anomalia no comportamento do robô é observado. E por meio da análise da complexa interação entre as três leis da robótica, a solução é descoberto. Cada um deles é um enigma inteligente e existem questões filosóficas muito pertinentes de como as leis e regras pode ser interpretada, e é tudo entregue em um pacote fantástico de inteligência e caráter . 

Para o final da vida de Susan, em seus últimos histórias, estamos finalmente servido robôs na Terra, que são tão inteligente que eles correm corporações ou partes de terra inteiras. Com Asimov, a situação robô nunca é distópico, como nos filmes de Hollywood, graças à primeira Lei da Robótica: um robô não deve prejudicar um ser humano. Asimov realmente se estende a imaginação com a Máquina, que atua como um administrador benevolente para com centenas de milhões de seres humanos.

Essas histórias abranger novas dimensões da visão e pensar em robôs na nossa vida em um possível futuro com eles. A prosa aqui é livre e elegante e o livro é surpreendentemente fácil de ler, considerando seu assunto.Enfim, eu poderia ler Asimov o dia todo e não me cansa. Seu escopo das mudanças culturais são muito interessantes. E existem questões filosóficas muito pertinentes de como as leis e regras pode ser interpretada, e é tudo entregue em um pacote fantástico de inteligência e caráter. Eu particularmente gostei muito da personagem de Susan Calvin.Eu Robo é uma ótima introdução para Asimov, sendo uma leitura obrigatória.