sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Jaco: O Patrulheiro Galactico pela editora Panini


Eu sou o protetor supremo da galáxia, o super elite, o escolhido...


... eu sou JACO: O Patrulheiro Galáctico
Após mais de uma década, desenhando ininterruptamente o mangá de Dragon Ball, finalmente o mestre Akira Toriyama "descansou" (atentai para as aspas 😀). Com a conclusão de Dragon Ball, Toriyama seguiu produzindo, mas dessa vez nada muito longo, apenas algumas one-shots - histórias relativamente curtas e geralmente compiladas em volume único - dentre as quais destacamos: Cashman Saving Soldier (1998), Cowa! (1998), Tahi Mahi (1998), Kajika (1999), Sand Land (2000), Neko Majin (2000 a 2005), Jiya (2010), Kintoki (2010) e finalmente, em julho de 2013, nas páginas da edição nº33 da famosíssima "Weekly Shonen Jump", estreava Ginga Patrol Jaco (Jaco, o Patrulheiro Galático).

Edição de estreia de Jaco no Japão.
Jaco foi serializado entre os meses de Julho a Outubro de 2013, totalizando onze capítulos que foram posteriormente compilados em um único volume publicado pela editora Shueisha. Posteriormente à sua publicação no Japão, o mangá foi licenciado nos Estados Unidos, Europa e felizmente no Brasil pela editora Panini.

O anúncio de Jaco bombou pelas redes sociais da editora Panini

A história:
Um patrulheiro galático chamado Jaco é enviado à Terra para uma missão especial: Interceptar uma nave vindo do Planeta Vegeta - lar dos terríveis Saiyajins. Contudo, antes mesmo de chegar ao seu destino, a nave do "super elite" tem um pequeno probleminha e precisa fazer um pouso emergencial.
A nave de Jaco acaba aterrissando em uma ilha, onde conhecerá um velho rabugento que atende pelo nome de Omori.



O velhote, um ex-cientista ermitão, compromete-se, após muitas brigas, a consertar a nave de Jaco. No entanto, para que isto ocorra eles precisam de um material raro, e extremamente caro, conhecido como "céu dourado."


Em Jaco vemos o velho Toriyama voltando às suas raízes, ou seja, apresentando-nos personagens super engraçados, cativantes, metidos em situações ainda mais cômicas. Ainda que o mangá tenha muita ação, o forte mesmo é o humor. Vale ainda ressaltar que, a história do patrulheiro galáctico está diretamente atrelada ao gigantesco universo de Dragon Ball. Ao final do mangá há um capítulo extra mostrando quem são os país do sayajin mais forte de todo o universo - nem preciso dizer o nome dele né - e de como ocorreu sua fuga para o planeta Terra.

Felizmente o mangá será publicado no Brasil, a editora Panini ainda não liberou detalhes a respeito de seu lançamento, porém é esperado que o mesmo seja publicado ainda no primeiro semestre de 2017. Convém lembrar também que, a Panini publicará outra obra do Toriyama, o mangá de "Katsura-Akira".



Por Viriatus